Problemas e lesões

Os músculos são essenciais para a realização de atividades básicas no dia a dia, como subir escadas, caminhar, sentar e levantar, entre outras. Isso é possível por meio das ações de contração e relaxamento dos músculos, porém, quando há sobrecarga em um deles, a lesão pode acabar causando contratura ou estiramento muscular. E qual é a diferença entre esses dois?

O triatlo é uma prática esportiva que une três modalidades: natação, ciclismo e corrida. O esporte individual exige grande preparação física, já que as três provas são feitas na sequência. E a preparação para elas não se resume apenas a nadar, andar de bicicleta, e correr. Os treinos complementares ajudam o corpo do atleta a ganhar condicionamento físico, inclusive evitando lesões.

A artroscopia é o método indicado para tratar lesões nas articulações. Por meio de um equipamento chamado artroscópio, o médico ortopedista pode olhar com exatidão as estruturas de dentro das articulações e repará-las. A artroscopia é realizada em qualquer articulação, mas é mais comum para tratar joelhos e ombros.

A bursite é uma inflamação na bursa: pequena bolsa que tem a função de reduzir o atrito entre duas superfícies em movimento. Com medicamentos, fisioterapia e nos casos mais graves, cirurgia, é possível reverter o caso.

A instabilidade patelar ocorre quando existe um mau alinhamento no aparelho extensor. Porém, com o tratamento médico, seja conservador ou cirúrgico, é possível corrigir a alteração.

A tendinite da pata de ganso é uma lesão que ocorre em corredores, causando dor no joelho. Com fisioterapia e reeducação da pisada, é possível corrigir o problema.

A tendinite calcária é a calcificação que ocorre no tendão, geralmente em regiões como ombro e no tornozelo. O tratamento é feito como medicamentos anti-inflamatórios, corticoides e fisioterapia. Já a cirurgia artroscópica é realizada apenas nos casos mais graves.